Como calcular o giro de estoque: fórmulas + exemplo prático

Como calcular o giro de estoque: fórmulas + exemplo prático

Como calcular o giro de estoque

O cálculo do giro de estoque é importante para as empresas, pois, pode mostrar se os esforços de vendas são eficazes e se os custos estão sendo controlados. Mas, como calcular o giro de estoque?

Antes de apresentarmos a fórmula para essa matemática, vamos entender um pouco mais sobre o que é giro de estoque.

O que é giro de estoque?

Estoque é a soma de todos os bens que uma empresa possui, incluindo matérias-primas, materiais em andamento e produtos acabados, que serão vendidos.

Ele normalmente inclui produtos prontos, como roupas em uma loja de departamentos. No entanto, o estoque também pode incluir matérias-primas que entram na produção do produto. Por exemplo, o tecido usado para fazer a roupa, seria o estoque do fabricante.

O que é giro de estoque? É o número de vezes que uma empresa vende e substitui seu estoque de mercadorias durante um período determinado.

A rotatividade de estoque fornece informações sobre como a empresa gerencia os custos e qual é a eficácia dos seus esforços de vendas.

Quanto mais alto o giro de estoque, melhor, uma vez que uma alta rotatividade significa, em geral, que uma empresa está vendendo mercadorias muito rapidamente e que há demanda por seu produto.

A baixa rotatividade de estoque, por outro lado, normalmente indica vendas mais fracas e demanda em queda para os produtos que a empresa vende.

A rotatividade de estoque também fornece informações sobre se uma empresa entende como fazer um bom controle de estoque.

A empresa pode ter superestimado a demanda por seus produtos e comprado muitos bens. Por outro lado, se o giro for muito alto, eles podem não estar comprando estoque suficiente e podem estar perdendo oportunidades de vendas.

A rotatividade de estoque também mostra se os departamentos de vendas e compras de uma empresa estão em sincronia.

Pode ser bastante custoso para as empresas manterem estoques que não estão vendendo. É por isso que a rotatividade de estoques pode ser um importante indicador de efetividade de vendas, mas também valioso ao gerenciar os custos operacionais.

Como calcular o giro de estoque: fórmula

Como uma taxa de rotatividade típica, a rotatividade de estoque detalha a quantidade de estoque vendido ao longo de um período de tempo.

A fórmula para calcular o giro de estoque é:

GIRO DE ESTOQUE = TOTAL DE VENDAS / VOLUME MÉDIO DE ESTOQUE

Com essa fórmula, você pode calcular o giro por quantidade ou valor.

Complicado? Calma! A seguir, separamos alguns exemplos para você entender como a fórmula para calcular o giro de estoque, funciona na prática.

Se você é dono de um e-commerce que trabalha com perfumes importados, vende 120 perfumes por ano e tem um estoque médio de 20 perfumes, ao aplicar a fórmula de como calcular o giro de estoque, terá:

Giro de estoque = 120 / 20, ou seja, 6 giros por ano

Se você quiser entender como calcular o giro de estoque por valor de venda, o cálculo é o mesmo. Imagine que cada perfume seja vendido a R$ 150, então a fórmula será:

Giro de estoque = 18.000 / 3.000, ou seja, 6 giros por ano

Como o cálculo de giro mede a eficiência do seu negócio

Entender como calcular o giro de estoque está também relacionado a capacidade de medir a eficiência do gerenciamento uma empresa.

Em geral, um valor mais alto de giro de estoque indica melhor desempenho e um valor menor significa ineficiência no controle de seus níveis.

Geralmente, um turno mais alto mostra que a empresa não está gastando demais comprando muito estoque e desperdiçando recursos armazenando produtos não vendáveis. Também mostra que a organização pode efetivamente vender a mercadoria que compra e reabastecer o capital de giro rapidamente.

Uma taxa de rotatividade de estoque extremamente baixa pode ser resultado de excesso de produtos, ineficiências na linha de mercadoria ou nos esforços de vendas e marketing.

Geralmente, é um mau sinal porque os produtos tendem a deteriorar-se enquanto esperam em um depósito, ao mesmo tempo, que aumentam o custo de manutenção do inventário. Se esse for o seu caso, é necessário aplicar ações para melhorar a venda do produto.

Por outro lado, uma taxa de rotatividade excepcionalmente alta pode apontar para vendas fortes ou poucas compras de produto por parte da empresa, o que pode levar a uma perda nos negócios, já que o estoque é muito baixo.

Uso do giro de estoque para aumentar a lucratividade e reduzir custos de manutenção

Um item cujo estoque é vendido (vira) uma vez por ano tem um custo de manutenção maior do que aquele que vira 2, 3 vezes, ou mais, nesse período.

O objetivo de aumentar o giro de estoque é reduzir o volume de estoque por 3 razões:

  1. Aumentar o giro de estoque reduz o custo de manutenção: você pode gastar menos com aluguel, seguro, tem menos risco de perder altos volumes em roubo e mais.
  2. A redução do custo de manutenção aumenta o lucro líquido e a rentabilidade, desde que a receita de venda do item permaneça constante.
  3. Aumentam a capacidade de resposta às mudanças nas demandas dos clientes, permitindo a substituição de itens obsoletos. Esta é uma grande preocupação nas indústrias de moda e tecnologia.

A rotatividade de estoque de uma empresa também mostra a liquidez deste fator. Pense nisso, o inventário é um dos maiores ativos que um varejista relata em seu balanço. Se esse inventário não puder ser vendido, será inútil para a empresa.

Essa medida mostra com que facilidade uma empresa pode transformar seus ativos em dinheiro.

Se, por meio do cálculo do giro do estoque, você percebeu que possui uma boa média de rotação anual, talvez seja a hora de investir em uma estratégia de expansão de mercado. Afinal, suas vendas estão indo bem e seu público é receptivo ao produto. Esse é um dos momentos ideais para ampliar investimentos.

Ainda em dúvida? Leia o artigo; Quando fazer um empréstimo: 4 motivos em que o crédito é a opção certa”.

Conheça o sistema de financiamento online da GYRA+. Somos uma plataforma que oferece uma linha de crédito sem complicações, 100% segura e com taxas acessíveis.

Em três passos simples você pode ter aquela grana que precisa para investir mais no seu negócio:

  • indique o valor de empréstimo que precisa, em quanto tempo deseja pagar e seu e-mail;
  • conecte sua conta do Mercado Livre;
  • análise realizada e, se aprovado, dinheiro em até 72h na sua conta.

Faça uma avaliação no simulador de empréstimo empresarial e descubra o crédito que cabe no seu negócio.

Gostou do Conteúdo?

Receba em seu email conteúdos especialmente feitos para inscritos em nosso newsletter!