O papel e a diferença entre capital de giro e fluxo de caixa

O papel e a diferença entre capital de giro e fluxo de caixa

Diferença entre capital de giro e fluxo de caixa (1)

Empresários do mundo todo estão sempre procurando maneiras de acompanhar a saúde financeira da empresa. Entretanto, por mais importantes que sejam, nem sempre é fácil saber a diferença entre capital de giro e fluxo de caixa.

Cada uma dessas variáveis ​​fornece uma posição diferente das finanças da sua empresa. Daí ser muito importante saber a diferença entre capital de giro e fluxo de caixa.

O capital de giro informa a capacidade atual de sua empresa de pagar suas dívidas mais imediatas, enquanto o fluxo de caixa projeta todas as receitas e despesas durante um período de tempo específico.

Começando a entender a diferença entre capital de giro e fluxo de caixa

O que é Capital de Giro

O capital de giro refere-se aos ativos líquidos que sua empresa tem em mãos, isto é, dinheiro ou instrumentos financeiros que você pode facilmente converter em dinheiro.

Na contabilidade, você calcula o capital de giro deduzindo os passivos do seu negócio de seus ativos. Se o resultado for negativo, isso indica que sua empresa pode não ser capaz de honrar suas obrigações financeiras de curto prazo.

Você pode aumentar seu capital de giro ampliando o lucro, aumentando as vendas, solicitando um empréstimo ou recebendo uma injeção de dinheiro de seus sócios, entre outras soluções.

O capital de giro é a diferença entre o ativo circulante de uma empresa, como caixa, contas a receber e estoques de matérias-primas e produtos acabados, e seus passivos circulantes, como contas a pagar.

O capital de giro demonstra sua capacidade de saldar passivos imediatos. É uma medida da liquidez, eficiência operacional e saúde financeira de curto prazo de uma empresa. É utilizado, entre outros, para:

  • pagar fornecedores;
  • pagar impostos;
  • pagar salário de funcionários;
  • manter estoques;
  • custear o financiamento de compras realizadas a prazo pelos clientes.

Se uma empresa possui capital de giro substancial, ela deve ter o potencial de investir e crescer. Se os ativos atuais de uma empresa não excederem seu passivo circulante, ela poderá ter problemas para crescer ou pagar credores, e até falir.

Está ligado às contas financeiras que movimentam o dia a dia de um empreendimento, atuando para que a empresa consiga realizar todas as operações necessárias sem ficar no vermelho.

Vamos agora ao próximo passo para entender a diferença entre capital de giro e fluxo de caixa.

O que é fluxo de caixa

Fluxo de caixa refere-se aos fundos que entram e saem do seu negócio. Uma demonstração de fluxo de caixa é uma análise que mostra quanto dinheiro está entrando e saindo de um negócio durante um determinado período de tempo.

Extrai e complementa as informações em seu balanço patrimonial e demonstração de lucros e perdas.

Na contabilidade, o fluxo de caixa positivo refere-se a mais dinheiro chegando do que saindo durante um período especificado. Você pode aumentar o fluxo de caixa:

  • aumentando as vendas;
  • reduzindo os custos operacionais;
  • vendendo um ativo;
  • coletando contas a pagar mais rapidamente ou atrasando os pagamentos aos fornecedores.

Muitas empresas empregam uma combinação dessas abordagens para criar um fluxo de caixa positivo. Muitos empresários confundem o fluxo de caixa com o lucro. Embora o fluxo de caixa positivo seja muitas vezes um sinal de negócios saudável, isso não significa que sua empresa esteja operando com lucro.

O estudo dos dados de fluxo de caixa ajudam os responsáveis das empresas a:

  • identificar problemas de liquidez;
  • analisar a viabilidade de projeções de investimento;
  • medir a rentabilidade ou crescimento de um negócio.

Então, qual é a diferença entre capital de giro e fluxo de caixa?

Sua empresa pode ter um fluxo de caixa positivo, ao mesmo tempo que tem muito pouco capital de giro. Isso ocorre porque é possível para uma empresa gerar um alto nível de receita, mas ter um alto nível correspondente de obrigações financeiras.

Por outro lado, um novo negócio pode ter a sorte de possuir uma grande quantidade de capital de giro sem ter tempo suficiente para gerar muito fluxo de caixa, seja positivo ou negativo.

Percebeu a diferença entre capital de giro e fluxo de caixa?

O capital de giro demonstra sua capacidade de saldar passivos imediatos.

O cálculo em si é simples, mas é importante ter certeza de que você está contabilizando cada ativo e responsabilidade, em vez de apenas um punhado de informações. Seus ativos são tudo o que sua empresa possui e podem se transformar em dinheiro dentro de um ano.

Passivos são todas as dívidas ou despesas que sua empresa espera pagar dentro de um ano ou um ciclo de negócios.

A diferença entre capital de giro e fluxo de caixa está no fato de o capital de giro ser todo o dinheiro que a empresa possui para sustentar o seu fluxo de caixa. O capital de giro apresenta uma visão geral das posses e dívidas gerais de sua empresa para determinar sua capacidade de cumprir suas obrigações financeiras. Fluxo de caixa olha apenas para suas receitas e despesas.

Ambas são ferramentas bem diferentes, mas que se completam e juntas promovem a saúde financeira do negócio.

Como indicamos acima, existem formas de conseguir capital de giro para expandir seu negócio. Conheça a estrutura da Gyra+ que realiza financiamentos online para empreendedores digitais.

Em três passos simples você pode ter aquela grana que precisa para investir mais no seu negócio:

  • indique o valor de empréstimo que precisa, em quanto tempo deseja pagar e seu e-mail;
  • conecte sua conta do Mercado Livre, Bling ou Skyhub;
  • a análise será realizada e, se aprovada, o dinheiro cai em até 72h na sua conta.

Faça uma avaliação no simulador de financiamento para empresas e descubra o crédito que cabe no seu negócio.