Saiba como aplicar um plano de negócios no seu e-commerce - GYRA+

Saiba como aplicar um plano de negócios no seu e-commerce

gyra_ecommerce

A criação de um plano de negócios para o seu e-commerce é fundamental, fazendo com que ele atinja o sucesso desejado. Isso porque, a função de um planejamento é guiar de maneira eficiente a tomada de decisões, que podem ser essenciais para um crescimento sustentável da sua marca e das suas vendas.

Um plano de negócios é responsável por garantir uma maior sustentação das empresas, justamente porque ele fornece uma visão geral do empreendimento, o que torna dados importantes mais visíveis e apropriados para consultas constantes.

Assim, caso seja necessário tomar uma decisão importante em um determinado período do negócio, é possível agir com maior consciência, conhecendo de maneira aprofundada os números e as prospecções da empresa.

Por isso, se você possui uma empresa e deseja iniciar o seu e-commerce ou se você já tem um e-commerce mas quer torná-lo mais eficiente, aplicar estratégias baseadas em um plano de negócios certamente trará melhores resultados.

O que é um plano de negócios e como ele funciona?

Também conhecido pelo termo em inglês “Business Plan”, o plano de negócios é um estudo realizado para oferecer um grande leque de informações para que o proprietário de um negócio esteja sempre dentro do seu planejamento e que consiga, dessa forma, atingir os objetivos pré-estabelecidos.

Por isso, um plano de negócios é composto de:

  • Possíveis cenários;
  • Consideração de problemas futuros;
  • Desejos e metas direcionadas ao negócio;
  • Planos de correção;
  • Captação de financiamentos e investimentos.

Isso quer dizer que um plano de negócios unifica dados fundamentais para que uma empresa consiga resolver possíveis problemas que possam surgir, pois já os conhecia previamente.

Desse modo, o negócio se torna mais sustentável em sua totalidade, fazendo com que o proprietário esteja sempre à frente dos problemas, possuindo uma estratégia de ação mesmo quando o cenário parecer ruim.

Por isso, quando uma empresa deseja iniciar também uma plataforma de vendas virtuais, é preciso criar um plano de negócios onde um estudo do segmento de atuação é feito, identificando as dificuldades e percalços, além de planejar de maneira mais concreta a expansão do seu e-commerce. Isso vale para todos os tipos de negócios.

Como montar um plano de negócios direcionado para o e-commerce

Existem algumas maneiras práticas de montar um Business Plan eficiente, especificamente para o seu e-commerce, de modo a torná-lo um case de sucesso.

Para isso, é preciso elencar algumas dicas valiosas:

  • Levantar as principais informações sobre o seu negócio;
  • Realizar um estudo do mercado de atuação;
  • Criar estratégias eficientes para atingir o sucesso;
  • Propor metas e alcançar objetivos.

Essas características ajudam na estruturação de um plano de negócio tanto para abrir uma empresa quanto para inaugurar uma nova plataforma.

Realizando um apanhado geral do seu negócio

Nesta etapa, é preciso elencar toda a parte burocrática e financeira ligada ao tipo de empresa e e-commerce.

Isso quer dizer que se uma empresa especializada na venda de reboque para carros deseja ampliar o seu negócio para o mundo virtual, ela deve se enquadrar em todos os trâmites necessários para que a sua plataforma atue adequadamente.

Além disso, é preciso abrir um CNPJ direcionado para o tipo de atuação, informar o capital social e prever quais tipos de investimentos serão necessários para que o e-commerce possa começar a funcionar.

Estudando o seu segmento de atuação

Para estruturar bem um e-commerce a partir de um plano de negócios, não basta apenas escolher um tipo de produto e anunciá-lo, esperando que as vendas comecem a surgir de repente.

Para obter sucesso no empreendimento digital, é preciso realizar um estudo aprofundado do seu segmento de atuação, e isso quer dizer que você precisará ter informações como:

  • O público-alvo que você deseja alcançar;
  • Escolher bons fornecedores para suprir o seu estoque;
  • Conhecer mais sobre a sua concorrência;
  • Estabelecer diferenciais interessantes para a sua empresa.

Entender melhor sobre o seu público-alvo te ajuda a direcionar suas estratégias para a captação de um maior número de clientes.

Um exemplo disso é de uma empresa especializada em fundações, que precisa ofertar os seus serviços de arrasamento de estaca direcionando um anúncio para parceiras da área de construção civil, ao invés de focar em anúncios para empresas de arquitetura.

Apesar de ambas possuírem algum tipo de ligação com a parte de edificação, a arquitetura não é a parte interessada nesse tipo de serviço.

Além disso, é preciso encontrar bons fornecedores para que o seu estoque esteja sempre abastecido, já que a falta de um produto pode gerar perda de vendas. Ser especializado em um tipo de produto também pode fazer com que os seus clientes busquem alternativas no seu e-commerce.

Se você trabalha oferecendo itens para festa, na busca por um painel tecido sublimado, o cliente pode optar por comprar toalhas, bexigas e outros itens complementares para a realização de um evento.

Nesse sentido, contar com um bom fornecedor faz com que você consiga atender às necessidades do seu cliente, obtendo diferentes tipos de produtos para venda no seu site, de maneira rápida e eficiente.

Outro importante ponto que qualquer proprietário precisa dominar é o conhecimento sobre a sua concorrência. Isso porque, obter mais informações sobre como outra empresa realiza a mesma atividade faz você ampliar horizontes, encontrando formas eficientes de oferecer maiores benefícios ao público-alvo do seu segmento.

Isso envolve oferecer diferenciais competitivos na sua área de atuação, seja ela de vendas de queimador forno industrial ou de artigos de decoração, que podem ser boas estratégias para promover uma marca.

Criando estratégias eficientes

As estratégias de venda fazem parte tanto de um negócio físico quanto de um negócio digital.

Muitas vezes elas são responsáveis por proporcionar um maior número de vendas para a empresa. Por isso, conhecer algumas das estratégias da concorrência ou mesmo lançar novidades podem ser ferramentas importantes, inseridas como alternativas para possíveis correções que você precise realizar no seu plano de negócios.

Se, por exemplo, um centro automotivo deseja abrir o seu e-commerce, mapeando eficientemente as principais características do seu segmento por meio de um plano de negócios, ele pode oferecer uma troca de óleo grátis na compra de um determinado número de frascos do produto, já que as empresas do segmento oferecem esse benefício a um comprador.

Além disso, quando o cliente busca mais informações sobre um determinado problema no carro, ele pode recorrer às informações disponibilizadas no e-commerce da sua empresa, por meio de um blog que oferece marketing de conteúdo.

Essa pode ser uma boa fonte de conversão de vendas, pois quando uma determinada busca de informações sobre direção hidraulica dura leva o leitor para o seu site, é muito possível que a solução oferecida por você resulte em uma venda.

Por isso, oferecer conteúdo relevante sobre um determinado tema confere ao site uma autoridade sobre o assunto, e faz o cliente sentir mais confiança na sua empresa.

Nesse sentido, essa também pode ser uma estratégia para oferecer outros benefícios ao cliente, como um auto socorro 24 horas, caso ele opte por realizar algum tipo de reparo no veículo dentro do seu estabelecimento.

Esse tipo de tática costuma ser uma maneira eficaz de alcançar um maior número de clientes, criando assim diferentes formas de alcançar o seu público-alvo.

Uma boa estratégia também abrange o oferecimento de produtos complementares, ou seja, se você possui um cliente que precisa efetuar a compra de um dispensador de senha bico de pato, oferecer a bobina por um preço promocional é uma estratégia eficaz de aumento de lucro.

Traçando metas para alcançar objetivos

O plano de negócios também é uma maneira eficiente de traçar metas para alcançar um determinado propósito.

Por isso, mesmo que você já possua um e-commerce em funcionamento, é essencial realizar a confecção de um Business Plan. Afinal, o plano deve ser atualizado anualmente, pois a cada nova conquista é preciso traçar novos objetivos.

Um exemplo disso é o de uma fábrica que possui como seu principal produto um secador de ar comprimido e deseja aumentar o seu portfólio. Nesse caso, o plano de negócios deve comportar uma forma de atingir esse objetivo.

Isso pode se realizar com investimentos em maquinários especiais, contratação de novos profissionais e com aprimoramento de processos.

Ou ainda, se uma empresa deseja atender a demanda de pedidos a nível nacional, ela certamente precisará de uma injeção de capital, que pode ser obtida por meio da entrada de novos sócios em um negócio.

Por isso, o plano de negócios oferece uma série de possibilidades, sendo que todas elas devem fornecer ferramentas para conhecer detalhadamente cada etapa do processo, sendo utilizado não apenas para negócios físicos, como também para e-commerce.