Como aumentar as vendas no e-commerce: 5 dicas certeiras! - GYRA+

Como aumentar as vendas no e-commerce: 5 táticas para aplicar JÁ!

como-aumentar-vendas-e-commerce

Todos dos donos de lojas online querem aprender como aumentar as vendas no e-commerce. Mas, mesmo depois de elaborar uma estratégia básica, ainda pode ser difícil decidir quais táticas de marketing você deve tentar.

É por isso que reunimos uma visão geral de táticas de marketing eficazes e ferramentas de e-commerce, além de ideias para ajudar você a implementar cada abordagem. As idéias em si variam desde aquisições diretas até gerar mais compras repetidas da base de clientes que você já possui.

Tente implementar uma dessas ideias de como aumentar as vendas no e-commerce todos os dias pelas próximas semanas. No último dia do seu sprint, faça um balanço e descubra quais táticas funcionam melhor para aumentar as vendas pela internet.

5 ideias de como aumentar as vendas no e-commerce 

1. Faça upsell dos seus produtos

A maioria de nós já ouviu uma variação do famoso: “Você gostaria de ampliar o seu pedido?” É um exemplo de upselling, ou a abordagem de vender um produto um pouco mais premium do que o que o cliente estava considerando originalmente.

Para muitas empresas, o upselling pode ser mais eficaz para aumentar as vendas no e-commerce do que adquirir um novo cliente. 

Às vezes, seus clientes não sabem que um produto premium está disponível ou podem simplesmente precisar de mais evidências para entender como um upgrade (ou pacote) é mais adequado às suas necessidades.

Por exemplo, um dos seus modelos de produtos é feito de um couro ligeiramente melhor? Ou algum produto tem um componente especial que é feito à mão? Certifique-se de enfatizar a diferença e pergunte, nos lugares certos, se o cliente deseja fazer um upgrade.

Há duas considerações principais ao usar o upselling para aumentar as vendas no e-commerce:

  1. Certifique-se de que seus upsells estão relacionados ao produto original;
  2. Seja sensível à faixa de preço antecipada de seus clientes.

Seu produto precisa atender às necessidades originais do cliente que pode não ficar entusiasmado com um preço mais alto, uma vez que ele tem em mente um preço base. 

Um preço base é, geralmente, o primeiro número que um cliente vê e é o número em relação ao qual eles comparam outros pontos de preço. O novo produto deve ser um ajuste melhor do que o original para valer a pena o custo adicional.

Qualquer pessoa que já tenha comprado um computador está familiarizada com essa estratégia. Depois de selecionar um modelo específico, as empresas geralmente destacam as atualizações para desempenho (upselling) ou acessórios adicionais (crossselling) a serem consideradas.

2. Integre o Instagram

Com mais de 500 milhões de usuários ativos diariamente, o Instagram é um dos aplicativos sociais de mais rápido crescimento, conectando consumidores, influenciadores e marcas.

Se você tirar boas fotos dos produtos, usar hashtags estrategicamente e postar nos horários em que seu público tende a estar mais ativo, estará no caminho certo para criar um grande número de seguidores no Instagram de pessoas interessadas em seus produtos. 

A chave para dominar sua presença no Instagram organicamente é o engajamento com seus seguidores.

Quais são as maneiras de se envolver com seu público para vender no Instagram? Você pode tentar realizar concursos ou mostrar os bastidores do seu processo de desenvolvimento de produto. 

Você também pode pagar para anunciar no Instagram. Para o marketing de e-commerce, adicionar produtos às suas postagens e histórias no Instagram dá aos seus seguidores um caminho rápido para a compra, o que é fundamental para aumentar as vendas no e-commerce.

Veja este exemplo da GoPro para ver as compras no Instagram em ação:

Como aumentar as vendas no e-commerce instagram

3. Reduza os carrinhos abandonados

Verdade cruel: você está perdendo dinheiro toda vez que um visitante abandona o carrinho sem comprar.

Este fenômeno é bem estudado. Os visitantes adicionam itens a seus carrinhos, mas os abandonam durante o processo de pagamento. Segundo o Baymard Institute, 69,23% dos carrinhos de compras são abandonados.

Como aumentar as vendas no e-commerce dicas

Vale a pena abordar o máximo de hesitações possível porque alguns compradores que abandonam seus carrinhos poderiam ter sido lembrados de concluir a compra. Talvez eles pudessem ter sido persuadidos com um desconto ou frete grátis, por exemplo.

Uma ideia simples e eficaz para aumentar as vendas no e-commerce e reduzir a frequência de carrinhos abandonados é uma campanha de recuperação de e-mail, que pode convencer seus visitantes a retornar ao site e concluir sua compra original.

O pessoal da marca LUSH usa linhas de assunto peculiares e e-mails com sugestões adicionais de produtos para tentar fazer com que os clientes retornem aos seus carrinhos.

saiba como aumentar as vendas no e-commerce

Crie um e-mail que incentive seus visitantes a voltarem para seus carrinhos, lembrando-os do que eles consideraram comprar e por quê.

4. Envie e-mails de lembrete com sua lista de desejos

Um tipo de e-mail para adicionar à sua lista de ideias para aumentar as vendas no e-commerce é o e-mail da lista de desejos ou, em bom inglês, a wishlist. 

O e-mail com a wishlist está intimamente relacionado ao e-mail do carrinho abandonado. Ambas são projetadas para convencer os compradores a darem o último passo na compra dos produtos que mostraram intenção de adquirir.

Já passou algum tempo desde que alguém se registrou em sua lista de desejos? Tem um item à venda que foi colocado em muitas listas de desejos? Está se esgotando? Envie um e-mail para informar seus clientes.

Pode ser apenas o gatilho que eles precisam para finalmente comprar o item. A marca ModCloth alerta os compradores quando os produtos estão quase esgotados. 

Isso motiva os compradores e ajuda a minimizar o arrependimento – ninguém quer perder acidentalmente um produto que está procurando, não é mesmo?

5. Abrace a personalização

Personalização é outra tática de marketing de relacionamento eficaz para aumentar as vendas no e-commerce. Usando dados comportamentais, experiências personalizadas são oferecidas ao visitante, de acordo com suas ações e preferências passadas.

Segundo o BCG, a personalização pode elevar as vendas em até 10%, mas a oportunidade é maior do que isso. Apenas 15% das empresas estão usando a tecnologia em toda a sua extensão.

Você também pode contabilizar a localização na personalização para criar uma experiência adequada para onde seus clientes estão. Alguém do Nordeste do Brasil pode estar procurando roupas de banho em outubro, enquanto seus clientes do Sul podem querer casacos, por exemplo.

A Alloy Apparel mostra um carrossel “popular” de produtos para compradores online, mas o personaliza com itens de tendências locais para o visitante.

Siga em frente com sua loja online!

Agora você tem uma lista considerável de táticas para ajudar a gerar mais tráfego e aumentar as vendas no e-commerce .

Coloque as poucos cada uma delas em prática e veja quais resultados você consegue alcançar. Com o tempo você pode agregar novas estratégias.

Este artigo foi escrito por Júlio Paulillo, Co-founder e CMO do Agendor, a plataforma de aprimoramento em vendas para vendedores profissionais.