Como configurar o Google Shopping e gerar mais vendas [GUIA]

Como configurar Google Shopping: passo a passo

GOOGLE GYRA

O Google é o buscador que concentra a maior quantidade de pesquisas que acontecem na internet desde “como fazer (insira o que quer aprender)” até onde encontrar os melhores preços de um produto. Para quem vende online, o Google Shopping se tornou estratégico. Mas nem todos sabem como configurar o Google Shopping para fazê-lo funcionar.

Para recapitular, o Google Shopping é a barra de produtos que aparecem no topo dos resultados de uma busca ou na lateral quando pesquisamos sobre um produto. É um comparador de preços, assim como o Buscapé.

exemplo-barra-google-shopping

Barra de resultados do Google Shopping.

Os produtos mostrados são de empresas que investem em anúncios para estarem nessa posição de destaque nas pesquisas.

Esse recurso tornou-se muito útil para os e-commerces e loja virtuais, pois contribui para dar mais exposição e divulgar os produtos, aumentar o tráfego para as páginas de produto e também nas conversões em vendas.

Mas você sabe o que é o Google Shopping, já fez o seu cadastro e agora quer colocá-lo para funcionar?

Continue lendo e aprenda o passo a passo de como configurar o Google Shopping e cadastrar seus produtos.

GUIA: como configurar o Google Shopping

configurar-google-shopping-etapas

Para começar a configurar o Google Shopping é necessário fazer o login na sua conta do Google Merchant Center

Caso você ainda não tenha o cadastro, basta fazer o seu. Apenas lembre-se de que é preciso ter uma conta Gmail para esse processo.

Passo 1: Criar o Feed de dados

Logado na plataforma, o primeiro passo é criar um Feed de dados com os produtos da sua loja virtual. Essa opção você encontra no menu do lado esquerdo da tela no painel principal do Merchant Center.

O feed de dados é o conjunto de informações sobre os produtos do seu site e seus atributos. Os dados do arquivo contém o nome do produto, marca, preço, dentre outros que é o que vai aparecer para o usuário no Google Shopping.

O arquivo com esses dados pode ser exportado direto da sua plataforma de e-commerce, eliminando a necessidade de fazer o processo manual.

Para ter acesso aos dados, entre em contato com o suporte do seu e-commerce para saber como exportar essas informações.

O arquivo estará no formato XML e, apesar de exigir um pouco mais de conhecimento técnico, é mais vantajoso de utilizar. Por exemplo, se você fizer alguma edição de preço no seu site, a atualização no Shopping é automática. 

Dica: peça essa informação em formato de URL ao invés de um arquivo comum, pois assim você consegue automatizar 100% o processo.

Com o arquivo pronto, basta voltar ao Merchant Center para criar seu primeiro Feed de dados e fazer o upload do arquivo XML. O caminho é:

Feed de dados > + Feed de dados > Registrar novo feed (são três etapas: Informações básicas > Modo de Envio (Upload automático) > Configuração do feed) > Salvar.

Pronto! Seu primeiro feed de dados está criado.

Como otimizar o feed 

Dicas que facilitam a leitura do algoritmo do Google para os seguintes atributos:

  • Títulos de produtos com até 30 caracteres;
  • Informações do produto na descrição;
  • Ser específico na categoria de produto.

Nota: use as palavras-chave mais comuns que os usuários digitam quando pesquisam pelo produto para criar título e descrição. Essa informação será útil nas suas campanhas.

O feed de dados é a base do Merchant Center e são essas informações que você irá usar posteriormente para criar suas campanhas no Shopping usando o Google Adwords.

Passo 2: Vincular conta Google Ads

O próximo passo de como configurar o Google Shopping para começar a criar campanhas de anúncio é vincular uma conta do Google Ads à sua conta do Merchant Center. 

As campanhas do Shopping vão usar todos os dados que você enviou no passo 1 nos anúncios de produtos.

Para fazer isso, clique no menu lateral em Configurações > Adwords > Vincular sua conta e fazer o login.

Caso você não tenha uma conta no Google Ads pode criá-la dentro do Merchant Center mesmo.

Outra opção é fazer a criação das campanhas dentro da plataforma do Google Adwords. Na página principal, clique em ‘+ Campanha’ e escolha ‘Shopping’ entre as opções do menu e preencha os seguintes campos:

  • Nome de campanha;
  • O país de venda para a campanha;
  • Um valor de lance máximo de custo por clique (limite de quanto você pretende pagar por um clique em seus anúncios); 
  • Um orçamento diário (limite que você pretende pagar em média por seus anúncios para uma campanha específica por dia;
  • O valor total investido na campanha;
  • Informações para faturamento.

OBS: lance e orçamento podem ser editados enquanto a campanha estiver ativa.

OBS 2: Ao criar uma campanha no Google Shopping você não especifica palavras-chave. Com base nas informações do seu Feed de dados (título, descrição, etc), o Google compara seu próprio banco de palavras-chave usadas para os produtos que você vende e compara com o que você tem no seu site. Daí a importância de otimizar seu feed como mostramos acima. 

Recomendamos a leitura de outros dois posts do blog para completar seu conhecimentos sobre como aproveitar melhor o Google Shopping:

Seguindo as duas etapas acima você conclui o processo de como configurar Google Shopping.

Obtenha capital para investir no Google Shopping

Você já sabe agora como configurar o Google Shopping e precisa de mais capital para investir nas campanhas e gerar mais tráfego e vendas? 

Consulte as condições de financiamentos que a Gyra+ oferece para empreendedores digitais atingirem todo o potencial do seu negócio.

Em três passos simples você pode ter aquela grana que precisa para investir mais no seu negócio:

  • indique o valor de empréstimo que precisa, em quanto tempo deseja pagar e seu e-mail;
  • conecte sua conta do Mercado Livre, PagSeguro, Bling ou Skyhub;
  • a análise será realizada e, se aprovada, o dinheiro cai em até 72h na sua conta.