Marketing digital para ecommerce: o que há além do Ads

9 dicas de marketing digital para ecommerce: o que há além do Ads

Marketing Digital para Ecommerce

Todas as lojas online querem aumentar o tráfego e as conversões. Mas, mesmo depois de elaborar uma estratégia básica, ainda pode ser difícil decidir em quais táticas de marketing digital para ecommerce você deve investir.

É por isso que reunimos uma visão geral de táticas de marketing digital para ecommerce eficazes que irão te ajudar a divulgar sua loja virtual e aumentar suas vendas.

As dicas que selecionamos a seguir são um mix de ações a curto prazo que vão te ajudar a começar a vender hoje e estratégias a médio e longo prazo, que vão te ajuda a construir uma base sólida para seu branding e suas vendas.

As ideias em si, variam desde aquisições diretas até à geração de compras repetidas da base de clientes que você já possui.

Antes de começarmos, uma dica geral: tente implementar essas ideias todos os dias pelas próximas semanas. No último dia faça um balanço e descubra quais táticas funcionam melhor para gerar novas vendas.

Leia também: Ferramentas de e-commerce para ajudar nas vendas e conversões

9 dicas de marketing digital para ecommerce para vendas e construção de marca

1. Determine sua estratégia de vendas e geração de leads

Vamos começar com um pouquinho de plano de marketing para e-commerce?

Imagine um gráfico de funil de vendas que mostre o caminho de seus clientes, da conscientização ao interesse, do desejo à ação.

Na parte superior do funil, você verá as estratégias que geralmente não geram conversões imediatas, mas que são responsáveis pela atração de usuários e conscientização de marca. Entre essas táticas, podemos apontar:

  • postar conteúdo social orgânico;
  • anúncios gráficos programáticos.

Já na parte inferior do funil, entre as ações de comunicação com leads qualificados temos:

  • anúncios da rede de pesquisa do Google;
  • anúncios de retargeting no Instagram;
  • comunicação direta por e-mail, e mais.

Como profissional de marketing ou empreendedor convém a você considerar o objetivo principal de todas as estratégias que você emprega e onde elas se encaixam em seu funil.

Também é importante que você compreenda as etapas do funil de vendas, para entender que nem todos os seus seguidores do Facebook, por exemplo, estão prontos para comprar.

Isso é fundamental para saber qual o tom de comunicação deve ser estabelecido para não ser aquele vendedor chato que ninguém quer por perto.

Fonte: Blog Luz

Mas não se preocupe, as estratégias e táticas da próxima seção produzirão resultados positivos.

2.  Upsell de seus produtos

A maioria de nós, já ouviu falar de uma variação do famoso: “Você gostaria de ampliar o seu pedido?”.

Esse é um exemplo de upselling, ou seja, a abordagem de vender um produto mais premium do que o cliente estava considerando originalmente.

Para muitas empresas, o upselling pode ser mais eficaz do que adquirir um novo cliente.

Às vezes, seus clientes não sabem que um produto premium está disponível ou podem simplesmente precisar de mais evidências para entender como um upgrade é mais adequado às suas necessidades.

Por exemplo, um dos seus modelos de produtos é feito de couro ligeiramente melhor? Carrega um componente especial que é feito à mão?

Certifique-se de enfatizar a diferença entre as duas opções e pergunte, nos lugares certos, se o cliente querer atualizar seu pedido.

Há duas considerações principais ao usar o upselling como estratégia de como aumentar as vendas do e-commerce:

  • certifique-se de que seus upsells estão relacionados ao produto original selecionado pelo cliente;
  • seja sensível à faixa de preço antecipada de seu consumidor.

Seu produto precisa atender às necessidades originais do cliente e você pode oferecer algo com um preço um pouco mais alto, entretanto, o novo produto deve ser um ajuste melhor do que o original para valer a pena o custo adicional.

Qualquer pessoa que já tenha comprado um computador está familiarizada com a tela abaixo. Depois de selecionar um modelo específico, as empresas geralmente destacam as atualizações para desempenho (upselling) ou acessórios adicionais a serem considerados.

A simples ativação desta funcionalidade tem o potencial de ampliar o ticket médio do cliente e consequentemente, aumentar a lucratividade do negócio.

2. Integrar o Instagram

Com mais de 500 milhões de usuários ativos diariamente, o Instagram é um dos aplicativos sociais de mais rápido crescimento, conectando:

  • consumidores;
  • influenciadores;
  • marcas.

Se você tirar fotos convincentes, usar hashtags estrategicamente, postar nos horários certos e se conectar a influencers, estará no caminho para criar um grande número de seguidores no Instagram, com pessoas interessadas em seus produtos.

A chave para dominar sua presença no Instagram orgânico é o engajamento com seus seguidores.

Então, quais são as maneiras de se envolver com seu público no Instagram?

Você pode tentar realizar concursos ou ir nos bastidores para mostrar seu processo de desenvolvimento de produto.

Você também pode utilizar o Instagram Ads e aumentar seu alcance e suas conversões por meio de anúncios.

No marketing digital para ecommerce, adicionar produtos às suas postagens e nos stories do Instagram dá aos seus seguidores um caminho direto para a compra, o que é fundamental para aumentar suas vendas online.

3. Reduzir carrinhos abandonados

Verdade cruel: você está perdendo dinheiro toda vez que um visitante abandona um carrinho em sua loja sem comprar.

Este fenômeno é bem estudado. Os visitantes adicionam itens a seus carrinhos, mas os abandonam durante o processo de pagamento. Segundo o Baymard Institute, 69,23% dos carrinhos de compras estão abandonados.

Vale a pena abordar o máximo de hesitações possível porque alguns compradores que abandonaram seus carrinhos poderiam ter sido lembrados de concluir a compra. Talvez eles pudessem ter sido persuadidos com um desconto ou frete grátis, por exemplo.

Uma simples e eficaz ideia de marketing digital para ecommerce que pode reduzir a frequência de carrinhos abandonados é uma campanha de e-mail marketing com o objetivo de convencer seus visitantes a fazerem uma visita de retorno e concluir sua compra original.

Crie um e-mail que incentive seus visitantes a voltarem para seus carrinhos, lembrando-os do que eles consideraram comprar e por quê.

5. Capture mais assinantes de email

O e-mail marketing é um dos canais mais eficazes à sua disposição para fazer vendas e gerar clientes fiéis.

Cerca de 17% do gasto com marketing digital no mundo acontece no e-mail, entretanto, ele contribui com 24% da receita, de acordo com um estudo de 2015 da Forrester Research.

Há muitas postagens no feed do Facebook para acompanharmos, e o e-mail pode oferecer uma interação mais íntima.

Para começar com a estratégia de e-mail marketing, promova ativamente seu boletim informativo, blog e outros esforços de captura de leads para obter o maior número possível de e-mails. Para isso você pode investir em:

  • campanhas direcionadas nas mídias sociais;
  • landing pages com conteúdo relevante;
  • formulários de opt-in e opt-out no site e blog;
  • CTAs no final de cada post do blog para recebimento de material rico em troca de e-mail;
  • captura de leads pelo Facebook, e mais.

6. Melhore suas campanhas de email

Obviamente, não é suficiente simplesmente capturar vários endereços de e-mail. Você precisa enviar e-mails regulares e valiosos para seus leads. Somente assim a estratégia será uma atividade eficaz de marketing digital para ecommerce.

Há muitas ocasiões que são perfeitas para enviar e-mails que seus assinantes irão realmente apreciar:

  • envie um e-mail de boas-vindas assim que o cliente fizer uma compra ou se cadastrar;
  • forneça códigos promocionais exclusivos e brindes;
  • envie regularmente boletins informativos para alertar os assinantes sobre novas ofertas de descontos, dicas de produtos e, quando apropriado, notícias da empresa;
  • compartilhe conteúdo relevante para ajudar os clientes a aproveitarem ao máximo seus itens comprados recentemente.
  • faça campanhas em temporadas de venda como Natal, Dia dos Namorados, Dia do Amigo, Dia das Mães e dos Pais e mais;
  • agradeça aos seus clientes fiéis. Envie uma nota pessoal expressando seu agradecimento por seus negócios.
  • solicite feedback. Se alguém visitar seu site, mas não fizer uma compra, pergunte sobre a experiência dele e como você pode melhorar.

7. Otimize suas páginas de produtos

A otimização da taxa de conversão (CRO) do ecommerce é a prática de melhorar seu site para o aumento de vendas. Praticar CRO ajuda a identificar áreas problemáticas em seu site.

Onde você está perdendo vendas?

Quem está saindo e por quê?

O que você pode fazer para capturar essas oportunidades perdidas?

Esse processo é feito por meio de pesquisas qualitativas e quantitativas, para que você tenha uma visão completa e imparcial de como o site é orientado para a conversão.

Depois de conduzir sua pesquisa para identificar desafios e oportunidades, você pode desenvolver hipóteses e fazer testes A/B, para ver quais abordagens geram mais vendas.

8. Otimize seu site para mobile

Até 2021, mais da metade de todas as compras online devem acontecer em dispositivos móveis, segundo a Statista.

Otimizar sua loja para mobile significa mais do que ter um design responsivo. Significa que você está projetando seu site tendo em mente os visitantes que o acessam por celular, do início ao fim.

Você pode pensar em inserir, por exemplo, um botão “adicionar ao carrinho” maior em todas as páginas de produtos, facilitando a inclusão do visitante no carrinho sem aumentar o zoom.

Você também pode apresentar suas imagens em um formato diferente, tornando mais rápido para os visitantes móveis carregar fotos do produto.

9. Inicie um programa de marketing de conteúdo

Todo e-commerce deve considerar ter um blog atualizado para se conectar com os clientes e se classificar melhor nos mecanismos de busca.

Se você já estiver criando conteúdo, considere incluir ativamente seu blog em sua loja online.

Não se esqueça de que há mais maneiras de aproveitar o marketing de conteúdo do que simplesmente blogar:

  • inicie um podcast para apresentar seus conhecimentos ou criar uma comunidade mais forte;
  • crie uma tática de guest post em outros sites e blogs para criar consciência e gerar backlinks, que também ajudam com SEO;
  • crie um conteúdo relevante e guias para ajudar os clientes a usar seus produtos de maneira mais eficaz.

Siga em frente com sua própria loja online

Agora você tem uma lista considerável de táticas para ajudar a gerar mais tráfego e aumentar as vendas online.

Para mais estratégias de marketing, confira post “Como fazer um plano de marketing para e-commerce em 5 passos”.

Se você quer investir no marketing de seu ecommerce mas está precisando de capital, está na hora de conhecer a Gyra+. Com nossa plataforma para financiamentos online, voltada para empreendedores digitais, você consegue seu empréstimo seguro, em três passos simples:

  • indique o valor de empréstimo que precisa, em quanto tempo deseja pagar e seu e-mail;
  • conecte sua conta do Mercado Livre;
  • análise realizada e, se aprovado, dinheiro em até 72h na sua conta.

A avaliação é feita de forma segura e sigilosa e os pagamentos são divididos em até 12 vezes. Faça uma avaliação no simulador de empréstimo empresarial e descubra o crédito que cabe no seu negócio.

Gostou do Conteúdo?

Receba em seu email conteúdos especialmente feitos para inscritos em nosso newsletter!