6 indicadores de controle de estoque indispensáveis

6 indicadores de controle de estoque que você deve gerenciar

indicadores-de-controle-estoque

Se você quiser ter uma visão detalhada de uma empresa, basta dar uma olhada nos indicadores de controle de estoque. Essas métricas e outros indicadores-chave de desempenho (KPIs) podem dizer imediatamente como um negócio se define, transmitindo as tendências mais importantes para a empresa.

Um software de gerenciamento de estoque permite que as empresas gerenciem com mais eficácia seus KPIs e descrevam os comportamentos mais eficazes para uma operação da cadeia de suprimentos de maneira rápida e fácil de entender.

Usando indicadores de controle de estoque para gerar comportamentos e resultados mais eficazes

O objetivo de usar indicadores de controle de estoque é direcionar os comportamentos, decisões e estratégias da forma mais eficaz possível.

Métricas e KPIs que reforçam o comportamento baseado em silos de muitos fabricantes (como dados e acumulação de conhecimento) estão sendo substituídos por aqueles que recompensam a colaboração.

Com métricas valiosas e maior colaboração, as empresas podem melhorar as entregas no prazo, aumentar a satisfação do cliente e reduzir os custos operacionais.

Selecionar as melhores métricas precisa começar com considerações cuidadosas. Pense nas seguintes circunstâncias antes de decidir quais indicadores de controle de estoque são mais importantes para sua empresa:

  • As métricas de estoque mudam como todos fazem seu trabalho relacionado à cadeia de suprimentos. Escolha-as cuidadosamente.
  • É fácil escolher os KPIs que captam a eficiência, mas é muito mais difícil escolher aqueles que refletem o aumento da eficácia. No entanto, o último conjunto é mais valioso.
  • Resista a seleção de indicadores de controle de estoque que sejam muito amplos no escopo. Quando eles são muito amplos, eles não fornecem insights rapidamente sobre as áreas em que você precisa agir.
  • Reduza ou elimine métricas que promovam a concorrência entre os departamentos.
  • Em vez disso, adote aquelas que amplificam e recompensam a colaboração.
  • Os indicadores de gerenciamento de estoque precisam refletir os objetivos estratégicos de sua empresa e reforçar as contribuições para essas metas.
  • Cuidado com as métricas de vaidade que fazem com que um departamento ou processo específico pareça bom, mas não forneça insights sobre como melhorar a eficácia do gerenciamento de estoque, cadeias de suprimento ou produção.
  • Ao selecionar um sistema de estoque, verifique se o painel de controle pode ser configurado como você gostaria. O gerenciamento dos indicadores é tão importante quanto selecioná-los corretamente.

Leia mais neste artigo sobre as ‘7 ferramentas de controle de estoque que você pode usar’ na sua empresa.

6 indicadores de controle de estoque para acompanhar

O uso de bons indicadores-chave de desempenho (KPIs) ajuda a traduzir o desempenho operacional em relatórios financeiros para melhorar os processos de produção e compras, o fluxo de caixa e a lucratividade.

Os indicadores traduzem rapidamente o impacto das diversas atividades de operações de negócios em estoques e cadeias de suprimentos em dados financeiros.

A seguir, listamos seis indicadores de controle de estoque eficazes em um sistema de gerenciamento:

1. Precisão da previsão de demanda

Uma excelente métrica para determinar a força da colaboração em uma operação de manufatura, a precisão da previsão de demanda reflete a variação na demanda real e o que é previsto no nível da fábrica.

As métricas de estoque para manufatura podem tornar as operações mais eficazes ao fechar as lacunas entre a demanda prevista e a demanda real.

Essa métrica também contribui diretamente para reduzir os custos de manutenção de estoque, outro indicador-chave da eficácia da gestão de estoques.

Com as previsões de demanda em mãos, é menos provável que você faça pedidos de estoque além da demanda do mercado.

Além disso, as previsões de demanda também podem dar pistas sobre quando solicitar mais estoque do que o normal, para que você nunca perca uma chance de crescimento.

2. Níveis de Satisfação do Cliente

Frequentemente medidos em pontuações líquidas de promotor (NPS), os níveis de satisfação do cliente precisam ser avaliados em todos os canais de distribuição e venda.

Os melhores fabricantes medem a venda e a distribuição separadamente, determinando uma pontuação NPS para cada canal.

Isso serve para indexar os tempos de pedido até o envio para seus clientes e verificar se eles são consistentes com o que foi originalmente esperado.

Aprenda também como vender bem um produto e inovar no mercado neste outro artigo do nosso blog.

3. Ordem de desempenho

O desempenho perfeito do pedido quantifica a eficiência de uma empresa em entregar pedidos completos, precisos e sem danos aos clientes no prazo.

A equação que define o índice de pedidos perfeito (POI) ou o desempenho perfeito do pedido é:

(porcentagem de pedidos entregues no prazo) x (porcentagem de pedidos concluídos) x (porcentagem de pedidos sem danos) x (porcentagem de pedidos com documentação precisa) x 100

O rápido crescimento das tecnologias de fabricação está tornando o desempenho de pedidos perfeito mais acessível do que nunca em todo o espectro das estratégias de produção.

4. Eficácia da taxa de preenchimento como porcentagem de todos os pedidos

A medição da colaboração da cadeia de suprimentos precisa ser uma prioridade ao selecionar indicadores de controle de estoque para gerenciar sua operação.

O rastreamento da eficácia da taxa de preenchimento como porcentagem de todos os pedidos reflete diretamente quantos pedidos ou solicitações de material dos centros de produção são atendidos.

Levar essa métrica mais adiante fornece insights sobre como os centros de produção estão gerenciando estoques de entrada para atender às datas de entrega do cliente.

5. Margens de contribuição bruta por Produto, Unidade de Produção e Unidade de Negócio

As melhores soluções de gerenciamento de estoque são projetadas para fornecer níveis de desempenho de margem de contribuição bruta (GCM) em várias dimensões diferentes de negócios.

O GCM é uma das métricas mais eficazes que uma empresa pode usar para avaliar a colaboração que acontece entre as unidades de negócios.

Se você conhece o GCM atribuível a um determinado centro de produção, pode rastrear os níveis de desempenho e eficácia por local.

6. Tempo de ciclo do pedido

Essa métrica também é chamada de lead time de pedido, mas o tempo de ciclo do pedido é a iteração mais popular.

O tempo de ciclo do pedido mede o tempo desde quando um cliente faz um pedido até quando ele recebe o produto adquirido.

Essa métrica reflete a eficácia de suas operações de gerenciamento de estoque, cadeia de suprimentos, produção e atendimento.

O tempo de ciclo do pedido também às vezes se refere ao tempo entre a colocação de dois pedidos back-to-back ou a entrega bem-sucedida de dois pedidos consecutivos.

Independentemente de como sua empresa define essas métricas, você ainda deve medi-las para ter uma visão abrangente do processo de atendimento de pedidos e onde você pode melhorar.

Complete sua leitura com o artigo ‘Como gerenciar um e-commerce: 5 pontos estratégicos do setor’.

Um software de gerenciamento de estoque pode melhorar muito o seu negócio, mas você precisa ter uma ideia clara de exatamente o que acompanhará com ele.

Embora os indicadores de controle de estoque listados acima sejam importantes para ficar de olho, analise constantemente outros KPIs que podem ser importantes de acompanhar para sua empresa.

Você concorda com a nossa lista indicadores de controle de estoque importantes? Deixe-nos saber nos comentários abaixo!

Conheça a estrutura para financiamentos online para empreendedores digitais da Gyra+ e consiga capital de giro para expandir seu gerenciamento de estoque.

Em três passos simples você pode ter aquela grana que precisa para investir mais no seu negócio:

  • indique o valor de empréstimo que precisa, em quanto tempo deseja pagar e seu e-mail;
  • conecte sua conta do Mercado Livre, Bling ou Skyhub;
  • a análise será realizada e, se aprovada, o dinheiro cai em até 72h na sua conta.

Faça uma avaliação no simulador de financiamento para empresas e descubra o crédito que cabe no seu negócio.