Aprenda como calcular o prazo de retorno do investimento

Como calcular o prazo de retorno do investimento (ROI)

como-calcular-prazo-retorno-investimento

Quando se está a frente de um negócio é importante fazer periodicamente a gestão dos indicadores de desempenho como o ROI. Aprender como calcular o prazo de retorno do investimento auxilia a acompanhar os resultados da ações da empresa. E avaliar se foram vantajosos ou não.

Quer vá atualizar o sistema de iluminação do seu edifício, criar um programa de reciclagem na empresa ou tornar ecológica a sua cadeia de abastecimento, serão gastos Reais e esses Reais deverão ser considerados um investimento.

Qual é a melhor métrica financeira a ser usada na tomada de decisões de investimento? Depende do que é importante para você e é crucial entender as diferenças nas informações fornecidas por cada métrica.

O retorno do investimento (ROI) e o prazo de retorno do investimento (PRI) são as duas métricas financeiras mais utilizadas para tomar decisões de investimento.

Continue lendo e entenda a fundo os conceitos de ROI e PRI,  como são feitos esses cálculos, aplicações com exemplos e as vantagens para a empresa de medir o prazo de retorno.

O que é ROI

O retorno do investimento (ROI) mede o ganho ou a perda gerada em um investimento em relação à quantidade de dinheiro investido.

O ROI é geralmente expresso como uma porcentagem e é normalmente usado para decisões financeiras pessoais, para comparar a lucratividade de uma empresa ou para comparar a eficiência de diferentes investimentos.

Como fazer o cálculo do ROI

O cálculo é formado pelas seguintes variáveis: subtrai-se o ganho do investimento pelo custo dele, e, em seguida, divide-se o resultado novamente pelo custo do investimento.

A fórmula de retorno do investimento é:

ROI = (Ganho do investimento – Custo do investimento) / Custo do investimento x 100

Como o ROI será expresso em porcentagem multiplica-se o resultado da operação por 100.

Exemplos de cálculos do ROI

Exemplo 1

Suponha que João investiu R$ 1.000 em ações de uma franquia de pizzarias em 2010 e as vendeu por um total de R$ 1.200 um ano depois.

Para calcular o retorno sobre seu investimento, ele dividiria seus lucros pelo custo do investimento, para um ROI de:

ROI = (R$ 1.200 – R$ 1.000 = R$ 200) / R$ 1.000 = 0,2 x 100 = 20%.

Com essa informação, ele poderia comparar seu investimento na franquia de pizzarias com seus outros projetos.

Exemplo 2

Suponha agora que João também tenha investido R$ 2.000 em uma loja de decoração em 2011 e vendido suas ações por um total de R$ 2.800 em 2014.

O ROI na participação de João na loja de móveis seria:

ROI = (R$ 2.800 – R$ 2.000 = R$ 800) / R$ 2.000 = 0,4 x 100 = 40%.

Limitações do ROI

Exemplos como o de João (acima) revelam algumas limitações do uso do ROI, particularmente ao comparar investimentos.

Embora o ROI do segundo investimento de João tenha sido o dobro de seu primeiro investimento, o tempo entre a compra e a venda de Jão foi de um ano para o primeiro investimento e três anos para o segundo.

João poderia ajustar o ROI de seu investimento de vários anos de acordo. Como seu ROI total era de 40%, para obter seu ROI médio anual, ele poderia dividir 40% em 3 para gerar 13,33%. Com esse ajuste, parece que, embora o segundo investimento de Joe tenha lhe proporcionado mais lucro, seu primeiro investimento foi, na verdade, a escolha mais eficiente.

O ROI pode ser usado em conjunto com o cálculo do prazo de retorno, que leva em conta o período de tempo de um projeto.

Como calcular prazo de retorno do investimento

Agora que entendemos o conceito de ROI, como calculá-lo e o seu link com o prazo de retorno, vamos aprender como calcular prazo de retorno do investimento.

O prazo de retorno do investimento (PRI) também é chamado de payback.

O período de retorno é o prazo de tempo necessário para que os ganhos acumulados de um investimento sejam iguais ao custo cumulativo.

Em outras palavras: quanto tempo leva para um investimento pagar por si mesmo.

Os investimentos com períodos de retorno mais curtos são considerados de menor risco do que aqueles com períodos de retorno mais longos.

O cálculo é mais complicado do que o simples ROI. No entanto, como o ROI simples, a análise do período de retorno não conta toda a história.

Por exemplo: quais são os ganhos depois que o investimento é pago? O prazo de retorno do investimento não calcula essa informação.

Na realidade, não existe uma única métrica financeira que lhe dirá “vá ou não” em uma decisão de investimento. A chave é saber o que é importante para o seu negócio e entender as informações com as quais você está trabalhando.

Fórmula PRI (payback)

A fórmula para calcular o prazo de retorno de um projeto depende se o fluxo de caixa por período do projeto é par ou desigual. Caso sejam par, a fórmula para calcular o período de retorno é:

PRI = Investimento total / Lucro líquido por período

Quando as entradas de caixa são desiguais, precisamos calcular o lucro líquido acumulado para cada período e, em seguida, usar a seguinte fórmula para o prazo de retorno:

PRI = A + B / C

Na fórmula acima:

  • A é o último período com um fluxo de caixa acumulado negativo;
  • B é o valor absoluto do fluxo de caixa acumulado no final do período A;
  • C é o fluxo de caixa total durante o período depois de A

Ambas as situações acima são aplicadas nos exemplos a seguir.

Regra de Decisão

Aceite o projeto somente se o período de retorno for menor do que o período de retorno desejado.

Exemplo cálculo PRI

Mesmos fluxos de caixa

A empresa C está planejando empreender um projeto que requer investimento inicial de R$ 105 milhões. O projeto deve gerar R$ 25 milhões por ano durante sete anos. Como calcular prazo de retorno do investimento?

– Solução:

Prazo de Retorno do Investimento = Investimento Inicial ÷ Fluxo de Caixa Anual = $ 105M ÷ $ 25M = 4,2 anos.

Vantagens e desvantagens do PRI

Vantagens do prazo de retorno são:

1- O prazo de retorno é muito simples de calcular.

2- Pode ser uma medida de risco inerente de um projeto. Como os fluxos de caixa que ocorrem mais tarde na vida de um projeto são considerados mais incertos, o prazo de retorno fornece uma indicação de como os fluxos de caixa do projeto são determinados.

3- Para as empresas que enfrentam problemas de liquidez, fornece uma boa classificação na análise de projetos de investimentos que devolveriam dinheiro cedo.

Desvantagens do período de retorno são:

1- O prazo de retorno não leva em conta o valor temporal do dinheiro, o que é uma séria desvantagem, pois pode levar a decisões erradas. Uma variação do método de retorno que tenta remover essa desvantagem é chamada de método de prazo de retorno descontado.

2- Não leva em consideração os fluxos de caixa que ocorrem após o prazo de retorno.

As duas métricas devem ser analisadas com bastante critério. Aprender como calcular prazo de retorno do investimento e o ROI é apenas o começo.

Sua empresa precisa de capital de giro para fazer novos investimentos? Conheça a estrutura da Gyra+ que realiza financiamentos online para empreendedores digitais.

Em três passos simples você pode ter aquela grana que precisa para investir mais no seu negócio:

  • indique o valor de empréstimo que precisa, em quanto tempo deseja pagar e seu e-mail;
  • conecte sua conta do Mercado Livre;
  • análise realizada e, se aprovado, dinheiro em até 72h na sua conta.

Faça uma avaliação no simulador de empréstimo empresarial e descubra o crédito que cabe no seu negócio.

Deixe um comentário

Você deve estar logado para postar um comentário.