[Guia] Como anunciar no Google Shopping e ampliar as vendas

[Guia] Como anunciar no Google Shopping e ampliar as vendas

Como anunciar no Google Shopping (1)

Você já deve ter visto alguns anúncios em meio aos resultados de suas pesquisas no Google. Se tem um negócio provavelmente pensou, como anunciar no Google Shopping?

É por meio dessa ferramenta que lojas online e físicas, conseguem fazer venda de maneira rápida, antes mesmo do cliente escolher clicar em seu site na página de busca.

Submarino, Netshoes, Magazine Luiza, todos eles e muitos outros sites utilizam o Google Shopping. Embora o Google Shopping não seja tecnicamente um mercado on-line (é mais uma plataforma de anúncios), ele oferece aos compradores a mesma oportunidade de navegar em uma variedade de produtos com base em suas pesquisas.

O Google Shopping também beneficia os varejistas porque, quando um comprador clica em um link de produto, ele é enviado ao site do varejista em questão para fazer a compra.

Se você não sabe como anunciar no Google Shopping, está no lugar certo! Nós fizemos este guia para ajudar você a entender melhor o Google Shopping e começar sua primeira campanha. Vamos com a gente para aprender como anunciar no Google Shopping.

Como anunciar no Google Shopping: O que é o Google Shopping?

O Google Shopping é um serviço do Google que permite que os consumidores pesquisem, comparem e comprem produtos físicos de diferentes varejistas que pagam para anunciar seus produtos.

Os resultados do Google Shopping são exibidos como imagens em miniatura que exibem:

  • o nome e link para o e-commerce em questão;
  • o nome do produto;
  • uma foto;
  • o preço.

Quando foi lançado em 2002, o Google Shopping chamava-se Froogle. O serviço simplesmente indexava os dados do produto com base em determinados termos de pesquisa. Em 2012, o serviço mudou para um modelo de publicidade paga, em que os varejistas precisam pagar para aparecer nos resultados de pesquisa do Google Shopping.

A partir daí, o Google Shopping se tornou uma “ramificação” do Google AdWords – outra forma de os varejistas e as empresas de comércio eletrônico anunciarem seus produtos físicos no Google.

Ao contrário dos anúncios do Google baseados em texto que aparecem com base em palavras-chave, o Google Shopping usa dados de produtos enviados por comerciantes para exibir seus anúncios.

Se você quer compreender mais profundamente o conceito sobre essa ferramenta, sugerimos que leia o artigo;O que é Google Shopping: como configurar para vender mais”.

Como anunciar no Google Shopping: passo a passo

Vamos, então, falar sobre como anunciar no Google Shopping e colocar seus produtos na lista. Abaixo, iremos lhe dar o passo a passo necessário para configurar sua conta e começar a anunciar seus produtos.

1. Configurar uma conta do Google Merchant Center

Para que seus produtos sejam exibidos nos resultados do Google Shopping, você deve se inscrever em uma conta do Google Merchant Center.

O Google Merchant Center é simples de configurar, é fácil de navegar e serve essencialmente como base para seus produtos e informações sobre produtos.


2. Otimize as imagens de seus produtos

O Google Shopping usa feeds de produtos enviados para indexar os resultados da pesquisa, mas extrai as imagens em destaque dos respectivos sites de varejo. Por isso, é importante otimizar as imagens do produto e as listagens no seu próprio site antes de comercializá-las no Google Shopping.

O Google Shopping é uma experiência altamente visual. As fotos do seu produto são, sem dúvida, a parte mais importante de seu anúncio, e muitas vezes por elas os compradores escolhem qual produto clicar e comprar.

O Google sabe disso e, no interesse de proporcionar uma ótima experiência de compra para os consumidores, negará as campanhas do Google Shopping se as imagens forem de baixa qualidade.

O Google faz verificações frequentes de qualidade e não hesita em suspender as contas do Google Shopping. Imagens ruins de produtos não só prejudicam as vendas como podem impedi-las completamente. Se você quiser que seus produtos sejam exibidos no Google Shopping, recomendamos seguir as diretrizes de imagem do Google desde o início:

  • Use um fundo sólido branco, cinza ou de cor clara
  • Use iluminação clara e uniforme
  • Mostre o produto claramente. (As vistas traseiras e os closes podem ser usados ​​como imagens adicionais, mas não como a imagem principal.)
  • Mostre o produto na escala correta e não muito grande ou muito pequeno. (Seu produto deve ocupar entre 75% e 90% da imagem completa.)
  • Evite borrões, ruídos, ou outros problemas de imagem, como pixelação, foco e contraste ruim.

Outras práticas recomendadas incluem a exibição de produtos de vestuário no corpo, usando sombras para adicionar profundidade, fornecendo vários ângulos de seu produto e apresentando pessoas reais usando-o.

3. Colete e insira seu feed de dados do produto

Com suas imagens otimizadas, é hora de criar o feed de dados do produto. Seu feed de produtos informa ao Google tudo sobre eles. Esses dados são essenciais porque ajudam o Google a encontrar e exibir seus produtos quando as pessoas pesquisam determinados termos ou atributos.

Para configurar seu feed de produtos, acesse sua conta do Google Merchant Center. Clique em Produtos > Feeds e, em seguida, clique no ícone azul “+”.


Primeiro, insira seu país e idioma. Esses dados determinam quais regiões verão seus produtos, por isso é importante.

Em seguida, nomeie seu feed de produtos e escolha como você vai inserir as informações do seu produto.

Se você escolher Planilhas Google, poderá fazer o upload de sua própria planilha ou usar um modelo fornecido pelo Google Merchant Center. Essa etapa também permite que você crie uma programação de envio, dependendo da frequência com que você atualiza seu estoque de produtos.

Essa planilha é usada para organizar e facilitar a entrada dos atributos do produto que o Google usará para indexar e exibir seus produtos. Abaixo, há uma breve lista de alguns atributos de produto obrigatórios que o Google usa para criar seus anúncios do Google Shopping.

  • Id: o identificador exclusivo do seu produto. Use o SKU, se possível. Exemplo: S123
  • Título: o título do seu produto. Deve corresponder à página de destino do produto. Adicione todos os detalhes que os compradores podem pesquisar, como tamanho, cor ou estilo. Exemplo: Sofá seccional com cama super confortável, cinza
  • Descrição: Uma descrição precisa do seu produto. Deve corresponder à página de destino do produto. Inclua apenas informações sobre o produto. Exemplo: Este sofá seccional foi feito especialmente para você. Este sofá é perfeito para aconchegar sua família.
  • Link: o URL da página de destino do seu produto. Deve começar com http ou https. Exemplo: https://www.sofa.com
  • Disponibilidade: Corresponda a disponibilidade na página de destino do produto.
  • Preço: Corresponda o preço da página de destino do produto e da moeda do país em que o produto é vendido predominantemente. Exemplo: $ 500,00
  • google_product_category: A categoria de produto definida pelo Google para seu produto. Inclua a categoria mais relevante. Exemplo: Sofa> Seccional
  • Marca: o nome da marca do seu produto. Forneça o nome geralmente reconhecido pelos clientes.

Recomendo que você use o modelo fornecido pelo Google Merchant Center. Nele a planilha já irá conter todos estes atributos do produto facilmente para você preencher.

Voila! Agora você pode acessar seu feed de produtos em sua conta do Google Merchant Center em Produtos > Feeds > Feeds primários.

Agora você já sabe como anunciar no Google Shopping

O Google Shopping é uma mudança bem-vinda em relação a uma experiência de compra online com muitos recursos de texto. É quase como um shopping digital – os compradores podem entrar, pesquisar o que querem e ver muitas marcas e tipos diferentes de produtos em uma única tela.

Se seus produtos físicos não estão sendo anunciados nos resultados do Google Shopping, considere adicionar essa ferramenta ao seu repertório de marketing.

Isso não só aumentará o tráfego do seu site, mas também lhe dará leads e vendas que, de outra forma, talvez você não teria coletado. Use este guia para ativar sua campanha do Google Shopping, e você verá como isso pode beneficiar muito sua estratégia de comércio eletrônico.

Resumindo, se você espera divulgar sua loja virtual, deve incluir em suas ações o Google Shopping. Essa tática deve fazer parte de seu investimento contínuo em marketing e na estratégia de expansão de mercado.

Esperamos que você tenha compreendido como anunciar no Google Shopping.

É preciso ter em mente, entretanto, que para colocar em prática qualquer tática de como divulgar uma loja virtual, é preciso que você tenha capital. Ele será necessário, tanto para investir nas estratégias sugeridas, como para ampliar seu estoque.

Leia mais em: Como calcular o giro de estoque: fórmulas + exemplo prático

Sua empresa precisa de capital de giro para fazer novos investimentos? Conheça a estrutura da Gyra+ que realiza financiamentos online para empreendedores digitais. Faça uma avaliação no simulador de empréstimo empresarial e descubra o crédito que cabe no seu negócio.