Como denunciar um comprador no Mercado Livre: 6 dicas práticas

Como denunciar um comprador no Mercado Livre

gyramais-denunciar

Já falamos aqui no blog da Gyra+ sobre o golpe de comprador no Mercado Livre, um problema que tem deixado os vendedores da plataforma preocupados. Neste post, vamos complementar o assunto e mostrar um passo a passo de como denunciar um comprador no Mercado Livre, caso você seja lesado durante uma transação.

Quer saber mais? Continue a leitura!

Como denunciar um comprador no Mercado Livre: 6 passos para te guiar nessa jornada

1. Informe o golpe ao Mercado Livre

Em primeiro lugar, avise o Mercado Livre sobre a tentativa de golpe sofrida. 

A plataforma garante contar com políticas sólidas de defesa para todos os seus usuários, sejam eles compradores ou vendedores (inclusive, se um comprador é inconveniente, o vendedor consegue bloqueá-lo da sua loja).

Porém, é importante destacar que, para garantir esse suporte, o site orienta que todas as transações iniciadas no espaço sejam concluídas exclusivamente dentro da plataforma.

Isso porque, caso o usuário escolha levar o negócio para outros meios de contato (como email ou WhatsApp), o ML já não conseguirá mais ter controle da situação e zelar pela boa experiência e segurança dos envolvidos. 

No caso deste vendedor, por exemplo, o site prestou total suporte a vítima e estornou o valor perdido. 

Para informar um falso e-mail recebido em nome da plataforma, o Mercado Livre disponibiliza este formulário de denúncia.

Vender no Mercado Livre é seguro, desde que você siga as recomendações.

2. Salve e arquive tudo 

Para prosseguir com a denúncia contra o comprador no Mercado Livre, é importante que você reúna o máximo de informações possível sobre o golpe. 

E-mails, captura de telas, fotos, dados do criminoso, conversas nas redes sociais, áudios… Tudo é válido. E lembre-se: guarde todas essas informações em mais de um local e de forma segura.

3. Você pode registrar todas as informações e torná-las oficiais

Para que as informações que você coletou tenham mais credibilidade na hora de denunciar um comprador no Mercado Livre, é possível transformá-las em documentos legais. 

Para isso, vá a um cartório e faça o registro desses dados em uma ata notarial. 

Desta forma, é mais fácil para as autoridades verificarem a veracidade das informações e utilizá-las como provas em uma possível ação judicial de reparação.

4. Procure a polícia

A Polícia Federal tem uma divisão específica para tratar de golpes na internet e crimes virtuais: é o Centro de Monitoramento do Serviço de Repressão a Crimes Cibernéticos. 

O órgão recebe denúncias por meio do e-mail internet@dpf.gov.br e pode ser bastante útil para denunciar um comprador no Mercado Livre que não cumpriu com sua parte da transação.

Além disso, a Lei 12.735/12 estabeleceu a instalação de delegacias especializadas para o combate de crimes cibernéticos em todo no Brasil. 

A proposta é que cada estado tenha a sua unidade, mas essa meta ainda não foi atingida. Então atualmente existem 14 divisões regionais no Brasil especializadas na investigação desse tipo de crime. 

Confira a seguir quais são elas:

Bahia – Grupo Especializado de Repressão aos Crimes Eletrônicos

Salvador

Endereço: Rua Tristão Nunes, Nº 8, Mouraria

Telefones: (71) 3117-6109 / (71) 3116-6109

Distrito Federal – Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos

Brasília

Endereço: Setor de Áreas Isoladas – Sudoeste – Bloco D – Prédio do D. P. E.

Telefones: (61) 3207 4892 

Registrar ocorrência: http://delegaciaeletronica.pcdf.df.gov.br 

Fazer uma denúncia: http://www.pcdf.df.gov.br/servicos/197

Espírito Santo: Delegacia de Repressão aos Crimes Eletrônicos

Vitória

Avenida Nossa Senhora da Penha, 2290, Santa Luiza 

Telefones: (27) 3137-2607 / 3137-9078

Maranhão – Departamento de Combate aos Crimes Tecnológicos

São Luiz

Endereço: Rua do Correio, 75, Fátima 

Telefone: (98) 3214-8657

Minas Gerais – Delegacia Especializada de Investigação de Crimes Cibernéticos

Belo Horizonte 

Endereço: Avenida Francisco Sales, 780, Bairro Floresta

Telefones: (31) 3217-9714 / (31) 3217-9712 / (31) 3217-9714

E-mail: crimesciberneticos@pc.mg.gov.br

Mato Grosso – Gerência Especializada de Crime de Alta Tecnologia

Cuiabá

Endereço: Avenida Coronel Escolástico, 346 

Telefone: (65) 3613-5649

Pará: Delegacia de Repressão aos Crimes Tecnológicos

Belém

Endereço: Rua Oliveira Belo, 807, Umarizal 

Telefones: (91) 3222-7567 / 3222-7153

Pernambuco – Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes Cibernéticos

Recife 

Endereço: Rua da Aurora, 487, Boa Vista Telefone: 081-3184-3206 / 3207 

E-mail: dpcrici@policiacivil.pe.gov.br

Piauí – Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Alta Tecnologia

Teresina

Endereço: Rua Prata, S/N, Piçarra

Telefones: (86) 3216-5275

Paraná – Núcleo de Combate aos Cibercrimes

Curitiba

Endereço: Rua José Loureiro, 376, 1º andar, Centro

Telefone: (41) 3321-1900

Rio de Janeiro – Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática

Rio de Janeiro

Endereço: Rua Professor Clementino Fraga, nº 77 (2º andar), Cidade Nova

Telefones: (0xx21) 2332-8192, (0xx21) 2332-8188 e (0xx21) 2332-8191

Jacarezinho

Endereço: Avenida Dom Hélder Câmara, 2066

Telefone: (21) 2202-0636

E-mail drci@pcivil.rj.gov.br

Rio Grande do Sul – Delegacia de Repressão aos Crimes Informáticos

Porto Alegre

Endereço: Rua Prof. Cristiano Fischer, 1440 – Bairro Jardim do Salso

Telefone: (51)3288-9815

Sergipe – Delegacia de Repressão a Crimes Cibernéticos

Aracaju 

Endereço: Rua Laranjeiras, 960, 1º andar, Centro

Telefone: (79) 3198-1135

São Paulo – Delegacia de Delitos Cometidos por Meios Eletrônicos

São Paulo

Endereço: Avenida Zack Narchi, 152, Carandiru

Telefone: (11) 2224-0300

Polícia paulista especializada em crimes digitais: webpol@policia-civ.sp.gov.br

Tocantins – Divisão de Repressão a Crimes Cibernéticos

Palmas

Endereço: Avenida Teotônio Segurado, Quadra 202 Sul, Conjunto 01, Lote 05

Telefone: (63) 3218-6986

E-mail: deic.drcc@ssp.to.gov.br

A recomendação para denunciar um comprador no Mercado Livre que lesou você de alguma forma é procurar a unidade especializada da sua região para fazer um boletim de ocorrência. Desta forma você será orientado sobre como proceder a seguir. 

5. Chame um advogado 

Dependendo da gravidade da situação, também é indicado procurar um advogado para acompanhar o processo de denúncia. 

Se possível for, prefira um profissional especializado em crimes cibernéticos. 

6. Conte com outros órgãos

Além da Polícia Federal e das delegacias especializadas em crimes eletrônicos por região, existem outros órgãos com os quais você pode contar para denunciar um falso comprador no Mercado Livre.

Confira:

CERT – Centro de estudos, resposta e tratamento de incidentes de segurança no Brasil

O CERT é um órgão ligado ao CGI (Comitê Gestor da Internet no Brasil) que analisa tendências de ataques cibernéticos no país com o objetivo de melhor entender suas características. Para enviar uma denúncia para o CERT entre em contato através do e-mail: mail-abuse@cert.br.

Divisão de Comunicação Social da Polícia Federal

A Divisão de Comunicação Social da Polícia Federal recebe denúncias de crimes de internet através do e-mail crime.internet@dpf.gov.br.

IC3 – Denúncia de crimes digitais internacionais

O IC3 é um portal que recebe denúncias de crimes online internacionais. Para fazer uma denúncia é preciso preencher este formulário no site. 

Como um criminoso cibernético é localizado?

Quando a vítima de um crime online faz uma denúncia, a polícia avalia vários aspectos para identificar o modo de operação e localizar o responsável. 

E, para que você tenha maior consciência sobre o processo e assim consiga colaborar mais com as buscas, nós separamos as principais características analisadas pelos policiais durante uma investigação de fraude virtual.

São elas:

Logs de acesso de conexão

Os logs de acesso servem para registrar ações dentro de um sistema computacional. Por meio deles é possível acessar dados como data, hora e número de protocolo atribuído a determinada atividade online. Esses registros são gerados todas as vezes que o dispositivo é conectado a internet. Com essas informações é possível localizar o falso comprador.

Endereço de IP

IP (Internet Protocol ou Protocolo de Internet) é a identificação dada a um dispositivo que acessa a internet. 

Ele é formado por uma sequência de números dividida em quatro conjuntos separados por pontos.

Um endereço de IP pode ser estático ou dinâmico. 

Os estáticos são dados a grandes empresas ou órgãos públicos. Já os dinâmicos são atribuídos às pessoas físicas. 

Isso significa que, cada vez que uma pessoa física se conecta a internet, ela ganha um endereço de IP diferente. 

Vale lembrar que nenhum IP é atribuído a mais de um usuário ao mesmo tempo. Por esse motivo, quando a polícia descobre o IP relacionado ao golpe, é possível saber de onde o falso comprador se conectou.

Servidor do website

Quando o golpe é aplicado por meio de um site, a polícia consegue identificar o servidor da página e descobrir o responsável pela hospedagem. Desta forma é possível coletar várias informações úteis a investigação como o endereço de IP utilizado pelo criminoso, por exemplo.

Dados de e-mail

No caso de golpes aplicados por email, que é o caso mais comum em fraudes no Mercado Livre, o primeiro passo da polícia é identificar os dados do remetente e do destinatário. 

Com isso é possível obter informações como endereço de IP e provedor de acesso à internet utilizado utilizados pelo criminoso. A partir daí basta solicitar a quebra de sigilo para obter mais dados para localizar o responsável. 

Por hoje é isso! Esperamos que esse conteúdo tenha dado uma luz sobre como denunciar um comprador no Mercado Livre e em qualquer outra plataforma online de vendas. 

Quer saber como faturar mais na plataforma? Dá uma olhadinha neste conteúdo: Como ganhar muito dinheiro no Mercado Livre: 7 dicas que realmente funcionam.

Além disso, conheça os financiamentos especiais para empreendedores digitais da Gyra+ e dê um up no planejamento financeiro do seu e-commerce!

Funciona assim:

  • Indique qual o valor de empréstimo você precisa e em quanto tempo deseja pagar;
  • Informe seu e-mail;
  • Conecte sua conta do Mercado Livre, Bling ou Skyhub

E pronto!

A análise será realizada e, se aprovada, o dinheiro cai na sua conta em até 72h!

Você também pode fazer uma avaliação em nosso simulador de financiamento para empresas para descobrir a linha de crédito ideal para o seu negócio.