Golpe de comprador no Mercado Livre: não caia nessa cilada!

Golpe de comprador no Mercado Livre, quais as armadilhas mais comuns e o que fazer para não correr esse risco

gyra_golpe-ML

Na era da internet, muitas pessoas ainda têm receio de comprar online. Mal sabem elas que os vendedores também sofrem desde medo. Isso porque, ao negociar pela web, o vendedor fica tão exposto a riscos quanto o consumidor. O golpe de comprador no Mercado Livre, por exemplo, tem deixado os lojistas da plataforma de cabelo em pé.

Mas e aí, como reconhecer quando o suposto comprador é, na verdade, um golpista? E o que fazer para evitar cair neste tipo de armadilha no seu e-commerce?

É sobre isso que vamos falar neste post! Continue com a gente!

3 golpes de comprador mais comuns no Mercado Livre

1. Golpe do falso e-mail de confirmação de pagamento

Neste golpe, o primeiro passo do criminoso é entrar em contato com o vendedor, por meio do campo de mensagens presente na página do produto dentro da plataforma. 

Lá ele faz perguntas comuns, que qualquer comprador de verdade faria, como prazo de entrega e funcionalidades do produto, por exemplo. Tudo, porém, não passa de um truque para distrair o vendedor.

Depois de obter as respostas, ele pede o endereço de email do vendedor e, a seguir, avisa que já fez a compra e realizou o pagamento.

Segundos depois, chega na caixa de entrada do vendedor o e-mail padrão do Mercado Livre confirmando a transação. Pois bem, é aqui que está o golpe!

Apesar de ter a mesma identidade visual e de linguagem da plataforma, esse e-mail, na verdade, foi forjado pelo criminoso. 

Foi justamente para enviar essa falsa confirmação de pagamento, que o golpista solicitou o e-mail do vendedor mais cedo.

Acreditando que o e-mail é realmente do ML, o lojista posta o produto nos Correios, mas nunca recebe o pagamento de volta. 

Há casos em que o criminoso sugere até que um Uber vá retirar a mercadoria, para acelerar a conclusão da fraude. 

Esse é o golpe de comprador no Mercado Livre que acontece com mais frequência. 

A principal causa é a falta de atenção do vendedor em passar seus dados de email sem checar o domínio do endereço quando recebe a confirmação de pagamento.  

2. Golpe do “só vou comprar se for pelo Mercado Livre”

Se você vende em outras plataformas, como OLX, ou mesmo no seu próprio e-commerce, e aparece um comprador insistindo para você colocar o produto no Mercado Livre, desconfie!

A pessoa pode justificar dizendo que prefere comprar pelo Mercado Livre por conta da segurança do Mercado Pago e, em alguns casos, até oferecer um pagamento extra para que a transação seja feita por lá. 

No entanto, é provável que tudo não passe de uma armadilha. O objetivo: te atrair para o ML e lá aplicar o golpe do falso e-mail, que mencionamos no tópico anterior. 

Então, se isso acontecer, fique atento!

3. Golpe da pedra

Assim estão chamando mais um golpe de comprador no Mercado Livre. 

A tática aqui é a seguinte: 

  • O comprador realiza a transação e faz o pagamento; 
  • Ele alega problemas com seu endereço e pede para retirar a entrega diretamente nos Correios;
  • O vendedor, então, recebe o dinheiro e envia o produto; 
  • O suposto comprador recebe a encomenda, mas diz que o produto veio com defeito ou que se arrependeu da compra* e exige a devolução; 
  • O vendedor concorda; 
  • O criminoso coloca o produto nos Correios de volta e envia o código de rastreio para o vendedor; 
  • O vendedor então faz o estorno do valor pago;
  • Entretanto, quando recebe a caixa com o produto, o que tem dentro, na verdade, são pedras, entulho e lixo;
  • O vendedor tenta entrar em contato, porém, ele não tem o endereço e, como era de se esperar, o e-mail e telefone usados pelo golpista já não estão mais disponíveis. 

Saldo dessa thread: o criminoso ficou com o produto e com o dinheiro, e o vendedor, com prejuízo.  

Este caso a seguir, compartilhado por um vendedor, é bastante parecido. 

O suposto cliente fez uma compra no boleto e usou o nome de outra pessoa. Depois, ao receber o produto, abriu uma reclamação e informou defeito. O Mercado Livre, então, disponibilizou um código para que o consumidor pudesse devolver a mercadoria. Porém, tudo que o vendedor recebeu de volta foi uma caixa com objetos aleatórios e estragados. 

Veja:

Por sorte esse vendedor conseguiu reaver o dinheiro junto ao ML.

*O artigo 49 do Código de Defesa do Consumidor dá ao comprador o direito de se arrepender da compra em até sete dias corridos, obrigando a loja a devolver os valores pagos de maneira integral. 

5 cuidados que você deve ter para evitar um golpe de comprador no Mercado Livre

O risco de levar golpe de comprador no Mercado Livre pode deixar qualquer um com medo de vender na plataforma, mas calma. Com alguns cuidados simples você consegue identificar quando um comprador é, na verdade, um golpista e evita perder dinheiro. 

Confira:

#1 Cheque cada caractere do e-mail de confirmação de pagamento

Quando receber o e-mail padrão de confirmação de pagamento do Mercado Livre, não observe apenas o layout da mensagem, mas cada caractere do endereço e domínio, pois é aí que está a artimanha do golpista. 

O criminoso pode trocar uma letra, colocar uma a mais ou a menos. Enfim, são pequenos detalhes que, em uma análise rápida, a vítima pode não perceber 

Se você receber um email falso, informe neste formulário de denúncia do Mercado Livre

#2 Olhe o status da venda na plataforma do Mercado Livre

Além disso, não confie apenas no e-mail como garantia de pagamento. Olhe o status da venda na área “Minha conta”. E só envie a mercadoria depois que o depósito for confirmado.

#3 Faça toda a transação dentro da plataforma

Para evitar cair em um golpe de comprador no Mercado Livre, prefira fazer toda a operação dentro da plataforma. 

Não informe seu e-mail ou número de WhatsApp para o comprador. Isso dará a informação que o criminoso precisa para lhe aplicar o golpe, como te enviar um falso email da plataforma, por exemplo. 

Além disso, caso você seja lesado, o ML não poderá fazer nada. Isso porque, se você saiu do site e fez contatos por fora, não há provas de que isso aconteceu e nem registros de trocas de informações.

#4 Só faça o estorno depois estar com a devolução do produto em mãos

Se um suposto “cliente insatisfeito” quis devolver o produto e você concluiu que ele tem motivos para isso, faça-o. Porém, só estorne o dinheiro a ele após estar com seu produto em mãos. 

Não confie apenas no código de rastreamento. Isso só prova que ele colocou uma encomenda nos Correios, mas não que o que está dentro é o seu produto. 

#5 Informe as autoridades

Se você notar uma tentativa de golpe, procure uma delegacia especializada em crimes de informática e registre um boletim de ocorrência! Forneça o máximo de informações possíveis para ajudar na identificação do criminoso. Em alguns casos, a polícia pode requerer o IP usado para aplicar o golpe.

O que diz o Mercado Livre

Além de alguns cuidados mencionados acima, que também são orientações do ML, em nota o site também afirma que “lamenta que casos de fraude ainda aconteçam no e-commerce brasileiro e repudia qualquer atitude que vise a prejudicar sua comunidade de usuários”

A plataforma também “garante que sempre atenderá aos usuários que relatarem problemas, buscando a melhor solução caso algum dos envolvidos no processo de compra e venda seja lesado”

Além disso, lembra que “caso o Mercado Pago seja utilizado, a garantia de resolução é total, por isso o uso da expressão ‘Compra Garantida’ nos termos de uso de seu programa de proteção a clientes e lojistas”.

Vale lembrar que essas fraudes em si não são novas. A novidade é os golpistas se utilizarem do Mercado Livre para cometer esses crimes.

E é isso!

E aí, conseguiu entender como evitar um golpe de comprador no Mercado Livre? Então agora é só ficar ligado, anunciar muito seus produtos e fazer as vendas com segurança!

Quer saber como aparecer no topo da primeira página do Mercado Livre? Então dê uma olhada nesse conteúdo: O que é o Catálogo no Mercado Livre: conheça a nova forma de anunciar

E, se você precisar de ajuda financeira para melhorar o capital de giro do seu e-commerce, pode contar com a Gyra+

Para começar é super fácil, veja só:

  • indique o valor de empréstimo que precisa, em quanto tempo deseja pagar e seu e-mail;
  • conecte sua conta do Mercado Livre, Bling ou Skyhub;
  • a análise será realizada e, se aprovada, o dinheiro cai em até 72h na sua conta.

Você também pode fazer uma avaliação em nosso simulador de financiamento para empresas para descobrir a linha de crédito ideal para o seu negócio.

Financiamentos online para que empreendedores digitais atinjam todo o potencial de seus negócios, essa é a nossa maior motivação!