Google Shopping e Mercado Livre: como anunciar um produto? 💻

Como anunciar produtos no Google Shopping pelo Mercado Livre

gyra-shopping

Quando você vai comprar um produto qual o primeiro site que você pesquisa? Provavelmente, o Google. Por isso, quem tem uma loja virtual deseja tanto aparecer nos resultados das buscas no site. Agora com o Google Shopping, o Mercado Livre ganhou uma nova forma de anunciar.

Mas como anunciar um produto do Mercado Livre no Google Shopping e ter mais visibilidade para sua loja virtual. Continue lendo e entenda como funciona essa opção. 

Google Shopping e Mercado Livre: como anunciar produtos

1 – Como funciona o Google Shopping

O Google Shopping é uma ferramenta que exibe opções de produtos para os usuários de acordo com o que eles procuram no Google.

exemplo-resultado-google-shopping

Um ponto importante que você deve compreender como vendedor de um marketplace — Mercado Livre e qualquer outro — é que não é possível anunciar por conta própria no Google Shopping. Mas por que? 

Para anunciar no Google Shopping, um e-commerce precisa se cadastrar no Google Merchant Center e, em seguida, após ser aprovado, precisa reivindicar o URL do seu site

Esse procedimento informa ao Google que você é o dono do site e permite a empresa adicionar no código do seu e-commerce marcadores para encontrá-lo e associá-lo ao Google Merchant Center. 

Como um vendedor que utiliza a plataforma do Mercado Livre, você não possui a propriedade do site que, no caso, é da empresa.

Mas então como o Google Shopping encontra produtos do Mercado Livre? Isso acontece porque a plataforma do Mercado Livre anuncia por conta própria no Google Shopping

Como detentora do URL, ela pode se cadastrar e anunciar os produtos do seu marketplace para gerar mais tráfego e vendas com a ajuda do Shopping.

2- Como o Mercado Livre anuncia os produtos do site na internet

Não é só você, vendedor, que deseja ver suas vendas aumentarem. O Mercado Livre também trabalha para atrair cada vez mais tráfego para dentro do marketplace com o objetivo de alavancar as vendas.

Para isso, a empresa investe em publicidade em vários canais online:

  • Google Shopping;
  • Rede de display do Google (banners em site);
  • Rede de pesquisa do Google;
  • Remarketing no Google; 
  • Facebook Ads (com campanhas tradicionais e de remarketing no Facebook);
  • Youtube;
  • Outras redes de pesquisa extra Google;
  • E-mails, etc.

O objetivo de toda essa estratégia de marketing digital é gerar tráfego na internet. E, acredite, o volume é grande. 

De acordo com uma pesquisa da Comscore de 2018, o MercadoLivre.com era o quinto site mais acessado do Brasil, com 52 milhões de visitantes únicos por mês

pesquisa-comscore-sites-mais-acessados-brasil

É interessante reparar que o Google é o primeiro site em acesso, reforçando seu papel como intermediário entre o que o usuário deseja e onde encontrar.

Outro ponto importante de destacar sobre a publicidade que o marketplace investe, é que o Google Shopping é o único canal, entre os citados, onde o anúncio leva o usuário direto para a página do produto.

Nos outros canais, a página de destino é a da categoria daquele produto com todos os anunciantes do Mercado Livre.

3- Como aparecer no Google Shopping pelo Mercado Livre

Como vendedor você deseja ter os seus produtos onde todos possam vê-los, certo? 

O segredo para fazer seu produto aparecer no Google Shopping pelo Mercado Livre é fazer anúncios perfeitos no marketplace. 

Existem muitos critérios objetivos e subjetivos que influenciam a decisão de compra do usuário. Mas a parte objetiva é fundamental para ativar os gatilhos mentais do cliente no momento da compra.

Então na hora de cadastrar seu produto e criar seu anúncio, fique atento aos seguintes critérios para ser escolhido para o Google Shopping pelo Mercado Livre:

Fotos: tenha cliques de vários ângulos do produto e fotos de boa qualidade (imagens pixeladas e borradas não são atrativas para o usuário);

Título e descrição de produtos: identifique o produto e suas especificações no título de forma clara a objetiva e nas características e descrição coloque tudo o que o usuário deseja saber, incluindo perguntas frequentes para que ele tire dúvidas rapidamente;

Perguntas: mesmo com uma descrição detalhada, responda prontamente e de forma clara todas as perguntas do usuário;

Reputação: seja criterioso com seu processo de vendas para aumentar sua reputação no Mercado Livre;

Preço: tenha um preço atraente e competitivo. Analise os concorrentes e veja quais vantagens você pode oferecer para de destacar. Trabalha com uma marca melhor? Frete grátis? Mais opções de parcelamento? Seu preço será fundamental para estar no Google Shopping pelo Mercado Livre.

Se os seu anúncios forem planejados, bem escritos e com bom preço ele naturalmente será bastante visualizado e receberá bastante cliques. 

Essa taxa é conhecida como CTR — a taxa de cliques que considera o número de impressões (quantas vezes o anúncio aparece para o usuário) versus a quantidade de cliques. Um anúncio que aparece muitas vezes, mas não recebe cliques não tem um bom CTR.

Aliado ao CTR, outra métrica relevante que o Mercado Livre analisa é o CTA ou Custo por Aquisição. Essa métrica compara o quantidade de cliques que um anúncio recebe versus a quantidade de vendas fechadas.

Uma média para um ter um bom CTA é de 100 cliques para 1 venda. Por exemplo: entre um anúncio com 500 visitas e 1 venda e outro com 50 visitas e 1 venda, o Mercado Livre escolheria este último para anunciar no Google Shopping.

O CTA do produto com 50 visitas para 1 venda é melhor e, provavelmente, se destaca em relação às características que mencionamos acima. 

Crédito para o seu negócio!

Ter uma loja virtual de sucesso exige bastante empenho. E você precisa pensar estrategicamente para ver suas vendas crescerem e se destacar dentro do Mercado Livre.

Manter uma estrutura financeira saudável e um gerenciamento de produtos adequados vão ajudá-lo nesse objetivo de se destacar.

Consulte as condições de financiamentos que a Gyra+ oferece para empreendedores digitais atingirem todo o potencial do seu negócio.

Em três passos simples você pode ter aquela grana que precisa para investir mais no seu negócio:

  • indique o valor de empréstimo que precisa, em quanto tempo deseja pagar e seu e-mail;
  • conecte sua conta do Mercado Livre, Pagseguro, Bling ou Skyhub;
  • a análise será realizada e, se aprovada, o dinheiro cai em até 72h na sua conta.

Faça uma avaliação no simulador de financiamento para empresas e descubra o crédito que cabe no seu negócio.